APLARTE

Lote - João Barreira – A Arte Portuguesa

  • Leilão a Decorrer

Leilão Termina Em:

Última Licitação:


EUR

Lance (EUR - €)
Oferta Máxima
Licitar

O seu lance tem de ser pelo menos de Euros.
Saiba Como licitar?

O sistema licita por si.
Introduza o Valor Máximo que pretende dar pelo lote. Saiba mais.

EUR Submeter

A sua licitação tem de ser pelo menos de Euros.

Leilão: 2725 | Lote: 77386 | Licitações: 10

LIVROS

João Barreira – A Arte Portuguesa

Edições Excelcior. S. l. s.d. [1945-1951].
In 4° de 4 vols. Com 403, 385, 364 e 461 págs. Ilust. E.
As Artes Decorativas (2vols). Arquitectura e Escultura (1vol) e Pintura
(1 vol) Tip. Almeida & Bento, Lda, s.d. [1945-1951]. Os volumes dedicados
às Artes Decorativas incidem, entre outros temas, sobre: A Ourivesaria
em Portugal (profana e religiosa), por João Couto; Os Pelourinhos e os
Cruzeiros, por Luís Chaves; A Cerâmica em Portugal, por Armando Vieira
Santos; A Arte Indo- Portuguesa, por Maria Helena Cagigal e Silva;
Tapetes de Arraiolos, por Maria José Mendonça; A Arte nos Metais (ferro,
bronze, cobre, latão , estanho e lata), por Luís Chaves; o Mobiliário, por
Luís Chaves; a Heráldica na Decoração, por António Machado de Faria; Os
Azulejos em Portugal, por Armando Vieira Santos; A Ilustração do Livro
(retratos, vinhetas, gravadores e técnicas em Portugal), por Ernesto
Soares; O Vidro em Portugal, por Armando Vieira Santos; Colchas de
Castelo Branco e Rendas de Peniche, por Clementina Carneiro de Moura;
Os Bordados da Madeira, por Vasco de Lucena, Os Coches em Portugal,
por Armando Vieira Santos, e ainda de salientar um estudo de 90 páginas
sobre os Jardins em Portugal (incluíndo os jardins públicos, os jardins
municipais, os jardins dos palácios do Estado, o Jardim Zoológico, as
tapadas, os jardins botânicos, etc), por Armando de Lucena. O volume
dedicado à Arquitectura e à Escultura aborda o tema dos grandes
monumentos e também os temas da habitação tradicional em Portugal e
dos presépios de barro. O volume dedicado à pintura (incluíndo em
grande parte o estudo dos frescos e das iluminuras de livros) teve a
colaboração de Adriano de Gusmão, em Os Primitivos e a Renascença; de
Reinaldo dos Santos; em A Pintura na Segunda Metade do Sec XVI ao
final do Séc. XVII; de Julieta Ferrão, em A Pintura no século XVIII; de
Carlos Passos, em O pintor Vieira Portuense; e de Diogo de Macedo, em
A Arte nos Séculos XIX e XX.
Encadernações do editor inteiras de pele com ferros a seco e a ouro na lombada e
pastas. Excelentes exemplares.

Adicionar a Favoritos