APLARTE

Lote - A Arte Mágica Aniquilada (1783)

  • Leilão a Decorrer

Leilão Termina Em:

Última Licitação:


EUR

Lance (EUR - €)
Oferta Máxima
Licitar

O seu lance tem de ser pelo menos de Euros.
Saiba Como licitar?

O sistema licita por si.
Introduza o Valor Máximo que pretende dar pelo lote. Saiba mais.

EUR Submeter

A sua licitação tem de ser pelo menos de Euros.

Leilão: 3227 | Lote: 96022 | Licitações: 22

LIVROS, ARTE E FOTOGRAFIA

A Arte Mágica Aniquilada (1783)

Por Francisco Maffei

A Arte Magica Aniquilada do Marquês Francisco Scipiaõ Maffeu

Officina de Simão Thaddeo Ferreira, Lisboa. M DCC LXXX III (1783)

In-8 ° gr. Com 346-II págs. E.

Junto com:

Tradução da defeza de Cecilia Faragó accusada do crime de feitiçaria : obra util para desabusar as pessoas

preocupadas da arte magica e seus pretendidos effeitos

Lisboa : na Off. de Manoel Coelho Amado. 1775

In-8 ° gr. De 78 págs. E.

Francisco Maffei (1675-1755) foi um célebre poeta e escritor trágico italiano. A primeira edição desta obra

saiu em Verona no ano de 1754. O autor recapitula e comenta passagens dos clássicos greco-latinos e

cristãos, negando e tentando explicar o contexto e a eficácia da magia na procura de remédios universais e

astrológicos. Trata-se de um vasto catálogo sobre a temática da magia. A publicação desta obra em

Portugal, só foi possível devido ao avanço da investigação científica introduzidos nos estudos entre nos na

época do Marques de Pombal. Inocêncio IV, 306 e I, 308. “José Dias Pereira, Presbítero secular, Sócio da

Arcadia Ulyssiponense com o nome de Silvano Ericino. Foi durante muitos anos Vice-reitor do Collegio real

de Nobres, e promovido a Reitor em 1798.

As duas obras encadernadas num único volume.

Encadernação inteira de pele da época. Bom exemplar.

Adicionar a Favoritos