APLARTE

Lote - A mais rara obra de Almeida Garrett

  • Leilão a Decorrer

Leilão Termina Em:

Última Licitação:


EUR

Lance (EUR - €)
Oferta Máxima
Licitar

O seu lance tem de ser pelo menos de Euros.
Saiba Como licitar?

O sistema licita por si.
Introduza o Valor Máximo que pretende dar pelo lote. Saiba mais.

EUR Submeter

A sua licitação tem de ser pelo menos de Euros.

Leilão: 2419 | Lote: 66905 | Licitações: 4

LIVROS

A mais rara obra de Almeida Garrett

- Carta e M. Scevola, Londres, V. Slater, 1830, 8 páginas.

Publicado por Almeida Garrett quando estava exilado em Londres, critica o marquês de Palmela e a sua

parcialidade no apoio aos liberais moderados. O escritor arrependeu-se rapidamente de ter mandado

imprimir este folheto, procedendo à sua destruição. Gomes de Amorim, nas Memórias Biográficas de

Garrett, conta o sucedido: «Desta publicação, de que se tiraram 500 exemplares, só uns 100 seriam

distribuídos, os 400 foram destruídos (Volume I, p 511). Mucius Scévola foi o nome simbólico utilizado

por Garrett na Maçonaria.

Trata-se assim de espécime de uma enorme raridade, atendendo ao facto de terem sido destruídos 400

dos 500 exemplares. Quantos terão chegado até nós?

Reserva: 50€

Adicionar a Favoritos